Alcolumbre não suporta mais a pressão, cede e anuncia sabatina de Mendonça

Ler na área do assinante

Todo enrolado, envolto em inúmeras denúncias, o presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal, senador Davi Alcolumbre, acaba de anunciar que vai finalmente realizar a sabatina de André Mendonça, indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), na vaga aberta com a aposentadoria compulsória de Marco Aurélio Mello.

“Espero que a gente possa fazer na semana do esforço concentrado, além de todas as autoridades no plenário, as outras sabatinas. A gente precisa ter o tempo nesses quatro dias para fazer sabatinas, teve sabatina que durou 18 horas. Quero anunciar que vamos fazer de todas as autoridades que estão aqui”, afirmou Alcolumbre.

Há pouco tempo, Alcolumbre ainda tinha forças para ser intransigente em relação ao tema.

Certa feita, questionado por um colega, debochou:

"Fique tranquilo que a minha paciência é ilimitada."

Felizmente, agora bastante enfraquecido, está sendo obrigado a ceder.

Teremos brevemente um novo ministro.

Fonte: G1

da Redação
Ler comentários e comentar