A trama macabra revelada! Documentos comprovam Brasil nos arquivos do Serviço Secreto Comunista

Ler na área do assinante

Com as seguidas ameaças o povo brasileiro está em alerta.

O regime totalitário que atinge China, Cuba, Venezuela e outros, ceifou a democracia.

O Brasil também está na mira!

Figuras como Lula, Manuela, Doria, Zé Dirceu ainda veneram o regime chinês.

Na Intervenção de 1964, foi igual…

Porém, militares de pulso firme mudaram a história do Brasil e acabaram com a ameaça macabra.

Dos mais profundos calabouços da história, surgiram documentos impressionantes que comprovam que o Brasil estava nos Arquivos do Serviço Secreto Comunista.

Isso mesmo, você não leu errado!

São relatórios de agentes secretos, planos de operações, recibos de pagamentos em dinheiro de colaboradores brasileiros e outras informações sobre a presença ilegal dos países comunistas no Brasil, que não só surpreendem como denunciam atividades atentatórias à segurança nacional.

Tudo isso e muito mais está no livro “1964 - O elo Perdido”.

Uma obra incrível!

Para comprar o livro, clique no link abaixo:

https://bibliotecaconservadora.com.br/products/1964-o-elo-perdido-o-brasil-nos-arquivos-do-servico-s...

Um investimento valioso.

O Jornal da Cidade Online está sendo vítima da Censura.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do site.

Um ato cruel... Um "tapa na cara" da democracia.

Neste momento, onde estamos assistindo a liberdade de expressão ser devastada e conservadores sendo calados, precisamos da ajuda de todos os patriotas...

Faça a assinatura do JCO agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Lançamos também uma loja virtual com camisetas, bandeiras e faixas (Todos com FRETE GRÁTIS).

Ajude-nos! Compre no Shopping Conservador:

https://www.shoppingconservador.com.br/

Caso queira, doe qualquer valor ao Jornal da Cidade Online pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

da Redação
Ler comentários e comentar