Augusto Nunes revela o motivo para fechamento de jornal do grupo Folha e faz previsão preocupante para a própria Folha (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Na quarta-feira (24), o grupo Folha informou aos assinantes do jornal ‘Agora’, que a partir desta segunda-feira (29), a publicação deixa de circular de forma permanente.

Ou seja, em tese, os assinantes que pagaram por suas assinaturas, levarão um ‘calote’.

Entretanto, o grupo Folha, para minimizar o ‘calote’, vai efetuar, para os assinantes do ‘Agora’, a entrega da Folha de S.Paulo.

A notícia surgiu como uma bomba nos meios jornalísticos e dá uma noção do momento de dificuldade que atravessa a empresa.

Nesse sentido, o respeitado jornalista Augusto Nunes deu um breve diagnóstico sobre a questão:

“Só os leitores podem fechar um jornal. Eles simplesmente abandonam o jornal que assinam, por falta de credibilidade”.

De fato, o jornal ‘Agora’, nos últimos 12 meses, perdeu 20 mil dos seus 51 mil assinantes, ou seja 40%. Perder esse volume de clientes inviabiliza qualquer negócio.

Por outro lado, Augusto Nunes fez uma previsão preocupante sobre a Folha:

“Daqui a pouco é a Folha, cuja edição impressa tem caído verticalmente”.

Veja o vídeo:

da Redação
Ler comentários e comentar