desktop_cabecalho

Nunes Marques suspende punição a promotor que investigou Gilmar

Ler na área do assinante

O ministro Kassio Nunes Marques tomou uma decisão importantíssima no decorrer da semana passada.

Ele impediu que o promotor de justiça Daniel Zappia ficasse 45 dias afastado do cargo, sem receber salário, depois de ser punido pelo Conselho Nacional do Ministério Público.

O promotor abriu um inquérito civil público para apurar se o ministro Gilmar Mendes se beneficiou financeiramente da estatização da União de Ensino Superior de Diamantino (Uned), em Mato Groso. A faculdade pertencia à família do magistrado e foi vendida ao governo de Mato Grosso, à época comandando por Silval Barbosa (MDB).

A apuração foi suspensa pela Justiça local. Enquanto o promotor aguardava o desfecho, a defesa de Gilmar Mendes denunciou-o ao CNMP argumentando "sanha inquisitorial".

Segundo os advogados do ministro, ao investigar a extinta faculdade da família o promotor perseguia o membro do Supremo.

Zappia se defendeu dizendo que apenas cumpriu o seu dever, apurando suspeitas de irregularidades que chegavam à promotoria.

Porém, em setembro, o CNMP formou maioria para punir Zappia.

A punição seria aplicada imediatamente, antes da análise de um recurso de Zappia. Ele recorreu ao Supremo, e Nunes Marques lhe deu razão.

O Jornal da Cidade Online está sendo vítima da Censura.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do site.

Um ato cruel... Um "tapa na cara" da democracia.

Neste momento, onde estamos assistindo a liberdade de expressão ser devastada e conservadores sendo calados, precisamos da ajuda de todos os patriotas...

Faça a assinatura do JCO agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Lançamos também uma loja virtual com camisetas, bandeiras e faixas (Todos com FRETE GRÁTIS).

Ajude-nos! Compre no Shopping Conservador:

https://www.shoppingconservador.com.br/

Caso queira, doe qualquer valor ao Jornal da Cidade Online pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

da Redação
Ler comentários e comentar