Adversário político de Aziz no AM, deputado faz desafio constrangedor a senador (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

O deputado estadual Fausto Jr. (MDB-AM) fez um desafio que pode deixar o senador Omar Aziz (PSD-AM) em uma situação constrangedora.

Fausto, que foi o relator de uma CPI que investigou casos de corrupção e de desvios de gestão no estado do Amazonas, em 2020, se tornou um combativo adversário de Omar Aziz. A relação ficou ainda mais acirrada após depoimento concedido à CPI da Covid, presidida por Aziz, no Senado Federal.

Na época, o deputado apresentou sérias denúncias contra o político conterrâneo e os dois discutiram publicamente. Dias depois Fausto afirmou em suas redes sociais que “Omar era corrupto” e divulgou informações do relatório da Polícia Federal, que desencadeou a operação Maus Caminhos, na qual Omar é apontado como participante de um esquema de desvios que podem chegar a R$ 250 milhões na Saúde do Amazonas.

Processado por danos morais, Fausto Jr. foi sentenciado a uma pena pecuniária de R$ 80 mil, por uma juíza da 9ª. Vara Cível do Amazonas, situação que levou ao desafio, nesta quinta-feira (9), durante entrevista coletiva.

“Desafio o senador Omar Aziz a provar que não é investigado pela Polícia Federal e que não está ligado aos escândalos de corrupção na Saúde do Amazonas”, afirmou o parlamentar.

Mas Fausto foi além e tornou o desafio ainda mais impactante ao afirmar que aceita não recorrer da sentença e pagar a indenização imediatamente se Aziz doar o dinheiro ao Instituto de Assistência à Criança e ao Adolescente (Iacas), que cuida de vítimas de abuso sexual.

“Não vejo problema em pagar a indenização, porém o dinheiro não deve ir para o bolso do senador, e sim doado a uma instituição que cuida de crianças vítimas de violência sexual”, propôs Fausto.

A ‘escolha’ do adversário de Aziz não foi à toa. Isso porque a Operação Maus Caminhos, criada originalmente para investigar os crimes de desvios de dinheiro público na saúde do Amazonas, acabou gerando novas operações e encontrando outros crimes, como o de exploração sexual de menores no estado, no qual o nome do senador é citado diversas vezes no relatório da Polícia Federal.

O caso foi objeto de uma CPI no senado, em que o nome de Omar Aziz acabou sendo retirado apenas na votação final do texto do relatório, já no apagar das luzes, salvo por colegas de bancada.

Fausto Jr., entretanto, promete não recuar, disse que o povo do Amazonas está cansado da “velha política”, comandada por pessoas que acham que podem ‘calar a todos’.

Não vou me intimidar com Omar. Vou pra cima”

Mas o que aguardamos, por agora, é a resposta do senador. Aceita fazer a doação Aziz? Talvez, pessoalmente!

Veja o vídeo:

O Jornal da Cidade Online está sendo vítima da Censura.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do site.

Um ato cruel... Um "tapa na cara" da democracia.

Neste momento, onde estamos assistindo a liberdade de expressão ser devastada e conservadores sendo calados, precisamos da ajuda de todos os patriotas...

Faça a assinatura do JCO agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Lançamos também uma loja virtual com camisetas, bandeiras e faixas (Todos com FRETE GRÁTIS).

Ajude-nos! Compre no Shopping Conservador:

https://www.shoppingconservador.com.br/

Caso queira, doe qualquer valor ao Jornal da Cidade Online pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

da Redação
Ler comentários e comentar