‘Coração Valente’ afivela as malas para sumir do Brasil após impeachment

A presidente Dilma Rousseff já confidenciou a assessores mais próximos que tão logo seja afastada definitivamente do cargo, pretende se ausentar durante um período de oito meses do Brasil.


A informação é confirmada pela coluna da jornalista Mônica Bergamo do jornal ‘Folha de São Paulo’, que acrescenta que a ideia inicial de Dilma era permanecer este período entre países da América do Sul, como Chile e Uruguai, mas que ela já não descarta também fazer uma viagem pelo interior de países europeus.

A novidade causou estranheza na classe política, mormente agora em que as investigações da Operação Lava Jato avançaram definitivamente sobre a presidente afastada, em função das delações premiadas do marqueteiro João Santana e do empresário Marcelo Odebrecht.

Imaginava-se que ela fosse cuidar com especial atenção da confecção de sua defesa.

Há quem diga que intenções inconfessáveis estariam por detrás dessa viagem tão longa de Dilma Rousseff.

da Redação 

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política