Gestão do turismo em MS é marcada por assédio sexual e extrema incompetência

Recentemente denunciado pela prática de assédio sexual por uma servidora pública (veja aqui), o pecuarista e ex-prefeito de Porto Murtinho Nelson Cintra Ribeiro, parece que tem sua gestão também marcada pela absoluta inoperância e apatia. 

Após 20 meses de gestão, a Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul praticamente não saiu do lugar. 

Vejamos: Em 13 de maio de 2015 Cintra reuniu os empresários do setor turístico de Mato Grosso do Sul, no Seminário de Políticas Públicas para Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação, realizado em Campo Grande, e fez sua festa particular: mostrou um cardápio de ações que animou o público presente. 

‘Vai ser uma revolução’, comentaram. ‘Agora o turismo vai dar uma virada’, entusiasmaram-se outros. 

Os empresários montaram uma planilha para acompanhar o processo e, passados 1 ano e 8 meses, constataram que menos de 1% das metas foram cumpridas. 

Da lista de promessas (veja aqui), apenas o item ‘Manter a participação nas principais feiras de turismo do Brasil e exterior’ foi cumprido em 10%.

Um lamentável espetáculo de incompetência. 

Procurado, Nelson Cintra encontrava-se nesta sexta-feira (10) no Rio de Janeiro, para onde viajou em companhia de sua assessora Fernanda Bentasol. Segundo informações de funcionários da Fundação, para fazer prospecção de novos investimentos para o Estado.

da Redação

Fonte: Blog do Dante Filho

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Foco MS