Sem crimes de fato, pedidos de Impeachment contra Bolsonaro "são políticos e carregados de mágoas", diz Janaína (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Em entrevista à TV Gazeta, a deputada estadual Janaína Paschoal (PSL-SP) fez uma rápida análise dos pedidos de impeachment movidos contra o presidente Jair Bolsonaro.

Janaína, que se notabilizou no país, após ser co-autora do pedido que levou ao impedimento de Dilma Rousseff, comentou mais especificamente os dois últimos enviados pelo jurista Miguel Reale Jr. e outro, que ficou conhecido como ‘super pedido’, que reuniu a assinatura de parlamentares de oposição, como a deputada federal Joyce Hasselmann (PSDB-SP).

Para ela, todos apresentam erros, tanto jurídicos quanto de materialidade, apontando crimes que não ocorreram:

“Me parece mais uma peça de natureza política no sentido de desabafo e de demonstração de divergência do que uma denúncia propriamente. Em vários momentos os denunciantes falam que houve um abandono do governo das populações indígenas, que os indígenas foram dizimados e os números mostram que proporcionalmente não houve mais mortes do que na população em geral, aliás o contrário”
“A gente tem que respeitar, como eu disse, é um direito de todo cidadão, mas eu não consigo ver elementos nem fáticos e nem jurídicos para aquelas denúncias irem adiante, como também não vi no super pedido. E nesse outro, além de fazerem um compilado dos vários pedidos, eles abraçam bandeiras politicamente corretas, é como se todas as mágoas que aquele grupo tem do presidente fossem colocados no pedido de impeachment, e esse não é o objetivo desse instrumento constitucional."

Bolsonaro foi alvo de mais de 100 pedidos de impeachment desde que assumiu a cadeira no Palácio do Planalto, em janeiro de 2019. Nenhum deles, sequer iniciou tramitação, o que demonstra que não há qualquer crime que possa levar ao afastamento do presidente da República, mas apenas perseguições e narrativas.

Veja o vídeo:

O Jornal da Cidade Online está sendo vítima da Censura.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do site.

Um ato cruel... Um "tapa na cara" da democracia.

Neste momento, onde estamos assistindo a liberdade de expressão ser devastada e conservadores sendo calados, precisamos da ajuda de todos os patriotas...

Faça a assinatura do JCO agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Lançamos também uma loja virtual com camisetas, bandeiras e faixas (Todos com FRETE GRÁTIS).

Ajude-nos! Compre no Shopping Conservador:

https://www.shoppingconservador.com.br/

Caso queira, doe qualquer valor ao Jornal da Cidade Online pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

da Redação
Ler comentários e comentar