Senador revela desvios de dinheiro do Fundo da Amazônia e quer CPI para investigar ONGs que atuam na região (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Em entrevista à Rede TV, na terça-feira (14), o senador Plínio Valério (PSDB-AM) falou sobre seu pedido de instalação da CPI das ONGs da Amazônia.

Questionado pelo jornalista Rodrigo Constantino, o parlamentar lembrou que conhece muito bem a realidade local e qualificou como hipocrisia a fala de governos, celebridades e entidades estrangeiras sobre as questões envolvendo a Floresta Amazônica e o meio ambiente.

Valério fez revelações sobre a dificuldade para fazer com que o dinheiro público chegue efetivamente aos que necessitam, na aplicação da políticas que beneficiem de fato a população local:

“É pura hipocrisia do Macron (Emanuel, presidente da França), do Leonardo DiCaprio, do governo norueguês, porque o cidadão europeu colabora achando que o dinheiro vai chegar na ponta, mas esse dinheiro não chega na ponta. Como parlamentar eu tenho proporcionado emendas para a compra de geradores para comunidades indígenas, que viram festa, memorial indígena, picape indígena”, diz o parlamentar, escancarando os desvios de dinheiro público pelas entidades que atravessam as ações, sob justificativa de estarem ali para auxiliar.
"No amazonas morrem mais de mil crianças antes de completar um ano. Esse dinheiro não serve pra nós. O Fundo da Amazonia era pura enganação e só financiava essa gente. Uma ONG no Amazonas recebeu 54 milhões durante um ano. Então a gente precisa colocar isso a limpo. É essa gente que vem pra cá pra dizer que a Amazonia está pegando fogo que a gente não tem condições de tomar conta da Amazonia."

Plínio Valério (PSDB-AM) defendeu a instalação, no início de 2022, da Comissão Parlamentar de Inquérito destinada à investigação das Organizações Não-Governamentais que atuam na Amazônia. Autor do requerimento de criação da CPI, Plínio Valério afirmou que o objetivo das apurações não é 'demonizar' todas as ONGs, mas as que estariam causando mal ao país.

Veja o vídeo:

O Jornal da Cidade Online está sendo vítima da Censura.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do site.

Um ato cruel... Um "tapa na cara" da democracia.

Neste momento, onde estamos assistindo a liberdade de expressão ser devastada e conservadores sendo calados, precisamos da ajuda de todos os patriotas...

Faça a assinatura do JCO agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Lançamos também uma loja virtual com camisetas, bandeiras e faixas (Todos com FRETE GRÁTIS).

Ajude-nos! Compre no Shopping Conservador:

https://www.shoppingconservador.com.br/

Caso queira, doe qualquer valor ao Jornal da Cidade Online pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

da Redação
Ler comentários e comentar