Flagrante: Professora petista faz doutrinação em sala de aula, e aplica prova com graves ataques a Bolsonaro (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Uma denúncia do empresário e coordenador do Movimento Endireita MS, Rafael Tavares, mostra a professora Janete Mianutti, da escola Marechal Deodoro da Fonseca em Aquidauana-MS, praticando doutrinação em sala de aula.

Em uma prova de língua portuguesa, a professora usou textos que atacam o presidente Jair Bolsonaro, acusando-o de ser o responsável pela pandemia no Brasil. Em outro trecho, o texto sugere que o Brasil é um problema para o mundo no combate a covid e aponta o presidente como inimigo global número 1.

Na avaliação, após a introdução dos textos, a professora faz duas perguntas diretas:

- Quem é o inimigo global número 1?
- Por que o Brasil é visto como um problema mundial?

Rafael Tavares, levou a denúncia ao Ministério Público Estadual (MPE):

“Fica claro a intenção da professora em forçar os alunos a culparem o Presidente Bolsonaro sobre as mortes de covid. Ela coloca a narrativa na prova e manipula os alunos a concordar com o texto. Isso é doutrinação clara em sala de aula", diz Tavares.

O MPE tem até 30 dias para aceitar ou não a denúncia.

Todo o caso está relatado em um vídeo, com provas e o perfil da professora petista, apresentadas por Rafael Tavares

Confira:

O Jornal da Cidade Online está sendo vítima da Censura.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do site.

Um ato cruel... Um "tapa na cara" da democracia.

Neste momento, onde estamos assistindo a liberdade de expressão ser devastada e conservadores sendo calados, precisamos da ajuda de todos os patriotas...

Faça a assinatura do JCO agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Lançamos também uma loja virtual com camisetas, bandeiras e faixas (Todos com FRETE GRÁTIS).

Ajude-nos! Compre no Shopping Conservador:

https://www.shoppingconservador.com.br/

Caso queira, doe qualquer valor ao Jornal da Cidade Online pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

da Redação
Ler comentários e comentar