Em jornalismo vergonhoso, Antas cometem ‘duplo fake news’ e são desmascarados ao vivo por Damares

Ler na área do assinante

Se passar vergonha púbica nas redes apenas uma vez, já não bastasse, o site O Antagonista conseguiu essa proeza duas vezes em menos de 24 horas, ao atacar a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves e receber as respostas ‘na lata’.

A primeira foi durante a publicação de uma reportagem sobre operação da Polícia Federal (PF) em parceria com a Controladoria Geral da União (CGU) que investiga um contrato firmado entre a pasta e uma entidade sem fins lucrativos que recebeu o valor de R$ 1,5 milhão para promoção dos direitos da juventude, nos estados de Sergipe e Pernambuco.

O Antagonista, entretanto, preferiu apontar o ministério como investigado e não procurou Damares ou sua assessoria para fazer o contraponto e, desta forma, deixou de informar que o pedido de investigação, na verdade, veio do próprio ministério, o que configura divulgação de ‘meia verdade ou fake news’.

Não @o_antagonista não nos consultou, mas esclareço aqui a vocês que eu mesma pedi essa investigação por parte da CGU e da PF. Aqui no @mdhbrasil o lema é corrupção -1. Quem tentar se dar bem com o dinheiro público aqui vai se dar mal., escreveu a ministra nas redes sociais, dando a primeira estocada.

Não satisfeito, os Antas publicaram, na sequência, nova matéria distorcendo a publicação de Damares:

Damares: Aqui no ministério o lema é corrupção - Damares cometeu gafe no Twitter ao tentar esclarecer Operação Bartimeu”, escreveram, mais uma vez, omitindo propositalmente, a verdade e ignorando o “-1” do texto original da ministra.

Veio então a segunda estocada:

Além de não fazerem o que manda o jornalismo, que é consultar o outro lado, ainda me mandam uma dessas. Lá estava escrito “corrupção -1”. O bom entendedor leu que falava de corrupção MENOS UM. Mas quem quer espalhar mentiras vem com uma dessas. Decadência.

Pelo jeito, os Antas estão obedecendo cegamente as ordens da ‘terceira via’, de atacar o governo seja lá como for, ainda que praticando um jornalismo que envergonha a classe.

O Jornal da Cidade Online está sendo vítima da Censura.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do site.

Um ato cruel... Um "tapa na cara" da democracia.

Neste momento, onde estamos assistindo a liberdade de expressão ser devastada e conservadores sendo calados, precisamos da ajuda de todos os patriotas...

Faça a assinatura do JCO agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Lançamos também uma loja virtual com camisetas, bandeiras e faixas (Todos com FRETE GRÁTIS).

Ajude-nos! Compre no Shopping Conservador:

https://www.shoppingconservador.com.br/

Caso queira, doe qualquer valor ao Jornal da Cidade Online pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

da Redação
Ler comentários e comentar