Professora 'mais divertida do país’ perde o bom humor e detona linguagem neutra nas escolas (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

A professora de língua portuguesa, Cíntia Chagas, que ganhou o direito de usar a alcunha de “a mais divertida do Brasil” tem realizado uma árdua jornada pelo país para tentar esclarecer a sociedade e impedir a do uso da linguagem neutra nas escolas.

Em entrevista à jornalista Leda Nagle, no portal Gazeta do Povo, Chagas desmascarou, mais uma vez, os interesses nada republicanos por trás da tentativa de imposição deste ‘dialeto que destrói nossa língua’ e tem como objetivo, única e exclusivamente, distorcer a realidade e confundir nossas crianças.

“Eu acho que isso não tem nada a ver com o não-binário. Eu nem acho que o não-binário esteja ligando pra isso. É um movimento de uma militância de ideologia de gênero, que não se preocupa com a inclusão, mas só em causar, em implementar esse tipo de coisa em escola para que se discuta ideologia de gênero na escola. Primeiro eles mudam a forma como a a gente fala, depois a forma como a gente pensa e depois a forma como a gente age. Começa de forma muito inofensiva; a professora escreve na lousa – bem vindes alunes, bom dia a todes – começa de uma forma inofensiva, e daqui a pouco estão discutindo dialeto não-binário, e aí começa a ter banheiro não binário nas escolas… não que eu seja contra, mas a forma como as coisas estão sendo feitas, não é honesta com os pais".

Confira no vídeo:

O Jornal da Cidade Online está sendo vítima da Censura.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do site.

Um ato cruel... Um "tapa na cara" da democracia.

Neste momento, onde estamos assistindo a liberdade de expressão ser devastada e conservadores sendo calados, precisamos da ajuda de todos os patriotas...

Faça a assinatura do JCO agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Lançamos também uma loja virtual com camisetas, bandeiras e faixas.

Ajude-nos! Compre no Shopping Conservador:

https://www.shoppingconservador.com.br/

Caso queira, doe qualquer valor ao Jornal da Cidade Online pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

da Redação
Ler comentários e comentar