STJ decreta a prisão de Rosângela Gama, chefe de gabinete do governador do Acre

Ler na área do assinante

A Polícia Federal cumpriu nesta quarta-feira (22) o mandado de prisão preventiva de Rosângela Gama, chefe de gabinete do governador do Acre.

A ordem partiu do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Rosângela é uma das investigadas no âmbito da segunda fase da Operação Ptolomeu da Polícia Federal, deflagrada nesta quarta-feira (22).

A ação visa investigar indícios de corrupção e lavagem de dinheiro envolvendo integrantes do poder executivo estadual.

Há seis dias, o próprio governador, Gladson de Lima Cameli, esteve no rol dos alvos da apuração da PF, que pediu o afastamento de secretários de governo.

Além do mandado de prisão, o STJ também determinou a instauração de um novo inquérito para investigar se houve obstrução de investigação por parte da organização criminosa.

Essa nova etapa foi instaurada depois que os agentes identificaram que, após a operação de 16 dezembro, servidores públicos relacionados aos crimes destruíram provas para dificultar a investigação.

Com isso, cinco mandados de busca e apreensão são cumpridos na capital, Rio Branco, em endereços ligados a suspeitos de obstruir a investigação policial.

Assine o JCO:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar