Tenente Coronel acha o "ponto fraco" da insana militância LGBT

Ler na área do assinante

A Câmara Municipal de Cuiabá, capital do estado de Mato Grosso, aprovou em primeiro turno, por 15 votos a 1 (e oito ausências), o projeto de Lei que cria o Dia do Orgulho Hétero.

Na proposta, de autoria do vereador conservador Tenente Coronel Paccola (Cidadania), a previsão é de que a data seja celebrada, anualmente, no terceiro domingo de dezembro.

A notícia tomou proporções monstruosas na última semana e deixou a militância LGBT com os nervos à flor da pele.

Como já era de se esperar, o Tenente Coronel vem sofrendo inúmeros ataques, desde então.

Ao que parece, o militar achou o "ponto fraco" da militância.

O Jornal da Cidade Online está sendo vítima da Censura.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do site.

Um ato cruel... Um "tapa na cara" da democracia.

Neste momento, onde estamos assistindo a liberdade de expressão ser devastada e conservadores sendo calados, precisamos da ajuda de todos os patriotas...

Faça a assinatura do JCO agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Lançamos também uma loja virtual com camisetas, bandeiras e faixas.

Ajude-nos! Compre no Shopping Conservador:

https://www.shoppingconservador.com.br/

Caso queira, doe qualquer valor ao Jornal da Cidade Online pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

da Redação
Ler comentários e comentar