Com Hang despontando no cenário eleitoral, MPF quer suspensão dos direitos políticos do empresário

Ler na área do assinante

O Ministério Público Federal (MPF) solicitou ao Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul a suspensão dos direitos políticos do empresário Luciano Hang, dono das lojas Havan.

O pedido foi emitido há poucos dias.

Esse tipo de punição por ‘abuso de poder economico’ é raríssimo entre pessoas da iniciativa privada – exceção feita aos envolvidos em corrupção, o que não é o caso – também chama à atenção o timing do pedido: mais de um ano após as eleições de outubro de 2020 e às vésperas das eleições de 2022 onde Hang está cotadíssimo para uma vaga no senado por Santa Catarina.

Hang teria influenciado financeiramente as eleições para a Prefeitura de Santa Rosa, que fica a 490 quilômetros de Porto Alegre.

Na ação, o MPF acusa Hang de abuso de poder econômico.

Na prática, fica claro o "desespero" com a real chance de Luciano Hang se eleger.

O Jornal da Cidade Online está sendo vítima da Censura.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do site.

Um ato cruel... Um "tapa na cara" da democracia.

Neste momento, onde estamos assistindo a liberdade de expressão ser devastada e conservadores sendo calados, precisamos da ajuda de todos os patriotas...

Faça a assinatura do JCO agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Lançamos também uma loja virtual com camisetas, bandeiras e faixas (Todos com FRETE GRÁTIS).

Ajude-nos! Compre no Shopping Conservador:

https://www.shoppingconservador.com.br/

Caso queira, doe qualquer valor ao Jornal da Cidade Online pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

da Redação
Ler comentários e comentar