Revelado o detalhe mais sórdido e cruel do projeto de lei do PSOL que "regulamenta o assalto" (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

O projeto de lei (PL) que altera o artigo 155 do Código Penal prevendo o “furto por necessidade” e tipificando o “furto insignificante” de autoria da deputada Talíria Petrone (PSOL-RJ) parece apenas ruim, mas, na verdade, é algo extremamente perigoso.

A aguerrida deputada Carla Zambelli acaba de alertar para um detalhe ainda mais cruel embutido nesse projeto de lei: “Eles pretendem que a ação penal por furto SOMENTE SE PROCEDA MEDIANTE QUEIXA, ou seja, A VITIMA, teria que gastar com advogado e tocar todo processo para que o ladrão fosse condenado e preso – hoje, quem move a ação penal contra o criminoso é o Ministério Público, que é obrigado a fazê-lo”.

Isso mesmo. Tudo faz parte de uma grande trama em prol da bandidagem.

É o ápice da insanidade!

O deputado estadual do RS Rodrigo Maroni, que conhece como poucos as "entranhas" do PSOL, comentou sobre o assunto.

Assista o vídeo e se inscreva no canal:

O Jornal da Cidade Online está sendo vítima da Censura.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do site.

Um ato cruel... Um "tapa na cara" da democracia.

Neste momento, onde estamos assistindo a liberdade de expressão ser devastada e conservadores sendo calados, precisamos da ajuda de todos os patriotas...

Faça a assinatura do JCO agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Lançamos também uma loja virtual com camisetas, bandeiras e faixas (Todos com FRETE GRÁTIS).

Ajude-nos! Compre no Shopping Conservador:

https://www.shoppingconservador.com.br/

Caso queira, doe qualquer valor ao Jornal da Cidade Online pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

da Redação
Ler comentários e comentar