Janaína entende que Dilma já prepara seu pedido de asilo político (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Deixando definitivamente a presidência da República, o que deve ocorrer nos próximos dias, com a votação do processo de impeachment, a presidente afastada Dilma Rousseff perde o benefício do ‘foro privilegiado’, o que forçosamente a colocará sob o crivo do juiz Sérgio Moro.

Deputados do PT, alinhados com Dilma, propuseram uma representação junto à Organização dos Estados Americanos (OEA), requerendo a nulidade do processo que tramita no Senado Federal. Tal ação, independente do posicionamento do organismo internacional, não tem qualquer efeito jurídico no Brasil. Ou seja visa apenas alardear um suposto golpe, que não existiu.

Por outro lado, recentemente, foi revelado que assim que for afastada definitivamente, Dilma Rousseff pretende se ausentar por um período de oito meses do país. Inclusive, com relação a esta questão, a ideia inicial de Dilma, era permanecer este período entre países da América do Sul, como Chile e Uruguai, mas que ela já não descarta também fazer uma viagem pelo interior de países europeus (veja aqui). 

Tudo isto coincide com a opinião abalizada da advogada Janaína Pascoal.

Dilma, atemorizada com as implicações criminais que terá que enfrentar, trabalha na preparação de um eventual asilo político.

Inadmite qualquer possibilidade de ter que encarar o juiz Moro.

da Redação

Veja o vídeo:

da Redação
Ler comentários e comentar