Presidente exalta escolas militares e torna público o absurdo que a esquerda fez com a Educação no Brasil (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

A educação brasileira ficou 12 anos na mão do petista Fernando Haddad e os resultados foram catastróficos.

Fã do ultrapassado Paulo Freire, o único resultado foi rebaixar a nossa educação para um dos piores patamares da América do Sul, mesmo gastando 10 vezes mais que a Argentina em educação, por exemplo.

As escolas brasileiras, ao invés de ensinar matemática, ciências e interpretação de textos; os pilares básicos da educação em qualquer lugar do mundo – por orientação do Ministério, se preocupavam com a desconstrução da heteronormatividade.

Ou seja, ao invés de ensinar, nossas escolas públicas ficavam discutindo se banheiro da escola seria ‘trans’ ou ‘unissex’.

Por isso os pais formam filas para matricular seus filhos nas escolas cívico-militares, onde se bate continência para o professor, é proibido celular e se canta o hino nacional ao menos uma vez por semana.

Uma pena que só temos 74 dessas escolas no Brasil; se não fosse pela pandemia já teríamos umas 200 unidades e mesmo se tivéssemos mil escolas cívico-militares ainda faltariam vagas.

O próprio presidente Jair Bolsonaro, em entrevista exclusiva à TV Jornal da Cidade Online, destacou a importância das escolas cívico-militares e detonou o "absurdo" que se tornou a educação brasileira nas mãos do PT.

Confira:

O Jornal da Cidade Online está sendo vítima da Censura.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do site.

Um ato cruel... Um "tapa na cara" da democracia.

Neste momento, onde estamos assistindo a liberdade de expressão ser devastada e conservadores sendo calados, precisamos da ajuda de todos os patriotas...

Faça a assinatura do JCO agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Lançamos também uma loja virtual com camisetas, bandeiras e faixas.

Ajude-nos! Compre no Shopping Conservador:

https://www.shoppingconservador.com.br/

Caso queira, doe qualquer valor ao Jornal da Cidade Online pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

da Redação
Ler comentários e comentar