Olarte cogita delação, mas advogado não permite

Circulam rumores de que o ex-prefeito de Campo Grande Gilmar Olarte, teria cogitado fazer delação premiada, principalmente agora que a esposa também foi presa.


A rigor, a delação é a única chance que tem o infame pastor de escapar da prisão, que fatalmente irá acontecer de forma definitiva com as condenações que advirão nos processos que enfrenta.

Entretanto, o cidadão que advoga para Olarte, defende interesses de inúmeros outros beneficiários do esquema que dilapidou os cofres públicos da Prefeitura Municipal de Campo Grande.

Jail Azambuja, o advogado, foi estrategicamente colocado para defender Olarte.

Sua missão é blindar outras figuras que igualmente se locupletaram durante a nefasta passagem desse pastor a frente do executivo de Campo Grande.

Olarte, por sua vez, já tem o seu futuro definido: será impiedosamente atirado aos leões, junto com ele, possivelmente irá a sua exuberante esposa.

Lívia Martins

liviamartins.jornaldacidade@gmail.com

da Redação

Comentários

Mais em Foco MS