Lacração do Bradesco deflagra debandada, sem precedentes, de correntistas (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

O Banco Bradesco vai encerrar de maneira melancólica o ano de 2021, em razão de uma ação débil de seu departamento de marketing, certamente infestado de ‘esquerdopatas’.

O Bradesco lançou uma campanha em prol do meio ambiente e caiu no erro de dar dicas, entre elas, a de redução de consumo de proteína animal – a carne, propriamente dita.

Além de não conseguir o sucesso que esperava com a campanha, acabou mesmo provocando um dos setores mais importantes da economia nacional, o do agronegócio, nele inserido a agropecuária.

Segundo dados de 2020, o PIB do setor avançou 24,31% em 2020, frente a 2019, e alcançou participação de 26,6% no PIB brasileiro (participação que era de 20,5% em 2019). Em valores monetários, o PIB do País totalizou R$ 7,45 trilhões em 2020, e o PIB do agronegócio chegou a quase R$ 2 trilhões.

O “tamanho da besteira” feita pelo banco já começou a refletir diretamente em sua clientela.

Inúmeras empresas e entidades ligadas ao setor agropecuário já deram início a uma debandada sem precedentes do banco.

Há rumores de que o agro está programando um saque sincronizado e encerramento de contas do Bradesco.

Algumas entidades, inclusive, já deram início a esta movimentação.

O Sindicato Rural de Uberlândia divulgou a seguinte mensagem em suas redes sociais:

O grupo Pecuária Brasil também já anunciou o encerramento de suas atividades financeiras no Bradesco:

A Associação dos Criadores de Nelore do Brasil também emitiu uma nota de repúdio:

Da mesma forma a Sociedade Goiana de Pecuária e Agricultura:

E a Associação Brasileira dos Criadores de Zebú, através de seu presidente, Rivaldo Machado Borges Júnior, divulgou o vídeo abaixo:

Por outro lado, o Bradesco, tão logo percebeu a 'imbecilidade', retirou o vídeo do ar, e prometeu a adoção de 'ações administrativas internas severas'. Certamente, 'cabeças vão rolar'.

Porém, parece que o efeito devastador é irreversível.

Abaixo, veja o vídeo que provocou tudo isso e a nota do banco:

O Jornal da Cidade Online está sendo vítima da Censura.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do site.

Um ato cruel... Um "tapa na cara" da democracia.

Neste momento, onde estamos assistindo a liberdade de expressão ser devastada e conservadores sendo calados, precisamos da ajuda de todos os patriotas...

Faça a assinatura do JCO agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Lançamos também uma loja virtual com camisetas, bandeiras e faixas (Todos com FRETE GRÁTIS).

Ajude-nos! Compre no Shopping Conservador:

https://www.shoppingconservador.com.br/

Caso queira, doe qualquer valor ao Jornal da Cidade Online pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

da Redação
Ler comentários e comentar