Morre o cantor Maurílio, após sofrer três paradas cardíacas

Ler na área do assinante

Aos 28 anos, o cantor foi diagnosticado com tromboembolismo pulmonar e estava internado após passar mal na gravação de um DVD. Ele fazia parte da dupla Luiza e Maurílio.

No último dia 14 de dezembro, o músico passou mal e foi levado às pressas para o hospital Jardim América, onde ficou internado na UTI em estado grave.

A dupla gravava participação no DVD Não é o Fim do Mundo, de Zé Felipe e Miguel.

Logo após a internação, Maurílio foi diagnosticado com tromboembolia pulmonar.

Nos dias seguintes, ele teve lesão renal e passou a fazer hemodiálise.

A sedação foi retirada no dia 17 para que as condições neurológicas fossem avaliadas.

No dia 18, o hospital informou que ele seguia melhorando o quadro clínico e que começaria a ser alimentado por sonda.

No dia seguinte, ele passou a respirar espontaneamente e a mulher dele, Luana Ramos, contou que conversou com o marido na UTI e que ele chorou.

Maurílio foi transferido no dia 20 do Hospital Jardim América para o Instituto Ortopédico de Goiânia (IOG), para dar continuidade ao tratamento com cobertura do plano de saúde. Ele também foi diagnosticado com um inchaço no cérebro.

Na última quarta-feira (22), o cantor voltou a ter o funcionamento dos rins, mas seguiu fazendo hemodiálise.

No domingo (26), o cantor precisou trocar antibióticos após apresentar problemas respiratórios.

Na manhã seguinte, o sertanejo teve quadro estabilizado após ter dificuldade para respirar durante o dia e a noite anteriores.

O relatório médico detalhou que o cantor teve broncoespasmo, que foi revertido, e teve o antibiótico trocado.

Neste terça (28), seus médicos relataram uma piora, a última atualização antes de sua morte na tarde seguinte.

Assine o JCO:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar