desktop_cabecalho

Esposa de dono de cartório é presa suspeita de ser a mandante do assassinato do marido

Ler na área do assinante

A Polícia Civil de Goiás encontrou na quarta-feira (29) o corpo de Luiz Fernando Alves Chaves, de 40 anos, dono de um cartório de registro de imóveis, em Rubiataba (GO).

De acordo com a polícia, quatro suspeitos de participação no homicídio foram presos. Dois deles confessaram serem os executores, o terceiro foi responsável por fornecer a arma, e a quarta é a esposa da vítima.

Segundo informações preliminares, a mulher da vítima teria encomendado a morte do marido para receber o seguro de vida dele.

Pelo homicídio, os criminosos receberiam o equivalente a R$ 5 mil, além da caminhonete da vítima, uma Hilux SW4.

Ainda, segundo informações, uma cunhada de Luiz teria dado "sinal verde" para que os criminosos invadissem a casa, fornecendo o controle e chave do portão do imóvel para que pudessem entrar sem deixar rastros.

O corpo da vítima foi encontrado a 18 km de Rubiataba, em uma estrada vicinal. Ele teria sido alvejado com 17 disparos de arma de fogo.

Conforme o inquérito policial, a vítima foi sequestrada na noite de terça-feira (28), na casa onde morava com a família, levada no próprio carro e morta em seguida pelos criminosos.

Os criminosos foram identificados como Edvan Batista Pereira e Laurindo Lucas Gouveia dos Santos.

A pistola utilizada pelos criminosos foi apreendida.

Assine o JCO:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Fonte: Jornal Opção

da Redação
Ler comentários e comentar