Debandada petista: Ex-líder na Câmara deve ir para o PTB

O ex-líder dos governos Lula e Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados, o médico e deputado Cândido Vaccarezza, formalizou esta semana o seu desligamento do PT, alegando divergências com a presidente afastada.


No entendimento de analistas políticos, a atitude de Vaccarezza é tão somente o reflexo do processo de debandada do partido, com o objetivo de obter a salvação política e viabilização eleitoral numa nova sigla.



Envolvido com denúncias de corrupção e recebimento de propina, Vaccarezza deve procurar abrigo no PTB e tentar a reeleição.

O deputado é acusado de ter recebido valores do doleiro Alberto Youssef, a mando do ex-diretor de abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa.

Em sua guinada à direita, o ex-petista já anunciou apoio à candidatura de Celso Russomano a prefeito de São Paulo

Resta saber se em nova sigla, Vaccarezza conseguirá se desvencilhar do estigma de impopularidade e falcatruas que deixaram marcas indeléveis no PT.

da Redação

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política