Juiz considera “irracional” ação da Austrália contra Djokovic, manda soltá-lo, mas tenista é novamente preso, afirma o pai

Ler na área do assinante

O juiz Anthony Kelly usou a expressão “irracional” para definir a ação da Austrália em revogar o visto do tenista Novak Djokovic.

O magistrado determinou que, IMEDIATAMENTE, o número Um do mundo fosse liberado da detenção pela imigração e retomasse as competições do Aberto da Austrália.

Entretanto, o pai do tenista, Srdan Djokovic, afirma que o craque do tênis foi preso novamente poucas horas depois de ganhar seu processo contra o governo australiano.

Em declaração a jornalistas sérvios, Srdan Djokovic disse que a polícia australiana prendeu novamente o número um do mundo em uma aparente tentativa de levar adiante sua deportação sob poderes especiais do Ministro da Imigração.

Embora o paradeiro exato do atleta seja desconhecido, as câmeras de TV mostram um grande número de policiais do lado de fora do escritório de seu advogado junto com uma van branca normalmente usada para transportar pessoas para hotéis de detenção de imigração, local onde o tenista estava até há pouco tempo.

Assine o JCO:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Lançamos também uma loja virtual com camisetas, bandeiras e faixas (Todos com FRETE GRÁTIS).

Ajude-nos! Compre no Shopping Conservador:

https://www.shoppingconservador.com.br/

Caso queira, doe qualquer valor ao Jornal da Cidade Online pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

Fonte: Revista Monet

da Redação
Ler comentários e comentar