Boris Johnson confessa "erro" e pode deixar o cargo a qualquer momento (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, pediu "sinceras desculpas" nessa quarta-feira (12), por participar de festa na residência oficial durante o primeiro lockdown no país para combater o coronavírus.

A oposição pede a sua renúncia.

Na TV JCO, uma reportagem revelou os detalhes de uma outra festa que teria ocorrido em dezembro de 2020:

Johnson admitiu que participou da festa em Downing Street em 20 de maio de 2020, quando as reuniões sociais estavam limitadas, e disse que entende a raiva que as revelações causaram.

O líder da oposição trabalhista, Keir Starmer, disse que Johnson agora deve renunciar e que o público o considera mentiroso.

"A festa acabou, primeiro-ministro", disse Starmer ao premiê.

Com todas as revelações, Boris Johnson pode renunciar a qualquer momento

O Jornal da Cidade Online está sendo vítima da Censura.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do site.

Um ato cruel... Um "tapa na cara" da democracia.

Neste momento, onde estamos assistindo a liberdade de expressão ser devastada e conservadores sendo calados, precisamos da ajuda de todos os patriotas...

Faça a assinatura do JCO agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Lançamos também uma loja virtual com camisetas, bandeiras e faixas.

Ajude-nos! Compre no Shopping Conservador:

https://www.shoppingconservador.com.br/

Caso queira, doe qualquer valor ao Jornal da Cidade Online pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

da Redação
Ler comentários e comentar