Em prol do povo: Ações humanitárias são destaque no governo Bolsonaro (veja o vídeo)

Ações humanitárias: Governo Bolsonaro resgata milhões de cidadãos da miséria

Ler na área do assinante

Além de travar batalhas contra os já conhecidos inimigos da nação, como a corrupção e a bandidagem, a gestão Bolsonaro tem brilhado em um quesito de fazer inveja às nações do primeiro mundo: o resgate dos mais necessitados, como mostra reportagem especial da TV JCO.

O Auxílio Emergencial salvou milhares de brasileiros da miséria durante a pandemia.

O maior programa de transferência de renda da história garantiu a comida no prato e deu às pessoas uma chance de se recuperar e recomeçar. O mercado de trabalho brasileiro registrou uma criação líquida de 324.112 vagas com carteira assinada em novembro.

É o maior resultado desde agosto deste ano, quando foram abertas 373.344 vagas.

E o governo Bolsonaro também estende a mão a quem não é brasileiro. As Forças Armadas já empregaram 7,2 mil militares na Operação Acolhida, ação humanitária criada em 2018, pelo Governo Federal. A iniciativa tem mudado a vida de migrantes e refugiados venezuelanos que ingressam no Brasil pela região Norte do País.

Desde o início da operação, mais de 280 mil venezuelanos foram regularizados e, cerca de 66 mil, foram interiorizados para mais de 700 municípios.

Confira:

O Jornal da Cidade Online está sendo vítima da Censura.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do site.

Um ato cruel... Um "tapa na cara" da democracia.

Neste momento, onde estamos assistindo a liberdade de expressão ser devastada e conservadores sendo calados, precisamos da ajuda de todos os patriotas...

Faça a assinatura do JCO agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Lançamos também uma loja virtual com camisetas, bandeiras e faixas.

Ajude-nos! Compre no Shopping Conservador:

https://www.shoppingconservador.com.br/

Caso queira, doe qualquer valor ao Jornal da Cidade Online pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

da Redação
Ler comentários e comentar