Como vampiros em busca de sangue, Lula e Dirceu já promovem delírios autoritários (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Sedentos como vampiros em busca de sangue, quanto mais às eleições se aproximam mais autoritárias ficam as fantasias petistas.

A última é uma entrevista do petista José Dirceu em que ele revela os objetivos do Partido dos Trabalhadores com uma eventual vitória nas eleições deste ano.

“Nosso projeto político é disputar eleições, ganhar, defender os interesses da classe trabalhadora, os interesses nacionais e, evidentemente, criar as bases para o nosso projeto socialista”, disse Zé Dirceu, ao mencionar que a América Latina está voltando a ser de esquerda.

E prossegue o meliante:

“Voltamos a ter governos progressistas, esse é o período que nós estamos vivendo”, observou o ex-ministro, em alusão à Argentina, ao Peru e à Bolívia.

Na sequência, Zé Dirceu discorre sobre o projeto do PT:

“Quando você cria empresas mistas e o país volta a ter soberania sobre a política econômica dele, você está criando as bases para uma mudança no regime”.

Dirceu quer retomar as bases do ‘nosso projeto socialista’?

Lula quer para o Brasil um governo ‘como o da China’?

Que medicação esse pessoal tá tomando...?

Veja o vídeo:

O Jornal da Cidade Online está sendo vítima da Censura.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do site.

Um ato cruel... Um "tapa na cara" da democracia.

Neste momento, onde estamos assistindo a liberdade de expressão ser devastada e conservadores sendo calados, precisamos da ajuda de todos os patriotas...

Faça a assinatura do JCO agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Lançamos também uma loja virtual com camisetas, bandeiras e faixas (Todos com FRETE GRÁTIS).

Ajude-nos! Compre no Shopping Conservador:

https://www.shoppingconservador.com.br/

Caso queira, doe qualquer valor ao Jornal da Cidade Online pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

da Redação
Ler comentários e comentar