PCdoB, em evidente apego a cargos, já costura acordo com Temer

É inacreditável, mas é verdade, o PCdoB não quer saber de ficar na oposição e sem cargos.


Com o desfecho do impeachment de Dilma Rousseff praticamente consolidado, os comunistas já iniciaram conversações para que consigam um lugar ao sol no novo governo.

O governador do Maranhão Flavio Dino, maior liderança do partido na atualidade, já conversou com o prefeito de Olinda (PE) para que este seja a ponte para que o partido tenha espaço no governo de Michel Temer.

O prefeito, Renildo Calheiros (PCdoB/PE), é irmão do presidente do senado Renan Calheiros.

A ideia de Dino é que o novo espaço do partido seja ocupado pelo próprio Renildo, que deixa a prefeitura no final do ano.

da Redação

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política