Gleisi, imoral e ‘míope’, pode ser enquadrada no artigo 343 do código penal

A senadora só enxerga numa direção e suas atitudes são sempre parciais, egocêntricas e sem compromisso com a população.


Além disso, paira sobre si o envolvimento no escândalo do Ministério do Planejamento, que fraudava um serviço de gestão de crédito consignado a funcionários públicos, onde, no mínimo, foi beneficiária direta, e o marido, o ex-ministro Paulo Bernardo, o articulador do esquema.

Presentemente, foi revelado que a professora universitária Ester Dweck, secretária de Orçamento durante o governo de Dilma Rousseff, foi nomeada para um cargo no gabinete da senadora.

Ela é uma das testemunhas da presidente. De acordo com a advogada Janaína Pascoal, a senadora pode até ser enquadrada no artigo 343, do Código Penal, no crime de corrupção de testemunha.

A explicação de Gleisi é hilária: ‘Ela não foi nomeada, então não é servidora do Senado. Fiz a solicitação para ela ser nomeada, mas como ela é servidora da Universidade Federal do Rio de Janeiro, foi pedida a cessão dela. Está sendo feita a cessão para depois ser publicado o ato de nomeação e posse. No meu entendimento, não teria problema. Aqui, nunca exigimos dela neutralidade. Todo mundo sabia que ela tinha lado aqui, ela servia ao governo’.

da Redação

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política