Procurador do TCU em resposta a Lindbergh: ‘o dolo grita nos autos’ (veja o vídeo)

Lindbergh Faria (PT-RJ) questionou o procurador Julio Marcelo, sobre a eventual falta de dolo da presidente Dilma Rousseff nos decretos de créditos suplementares ou o suposto descumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal, a lei orçamentária e ainda a Constituição.

‘Vocês estão na contramão do mundo. O presidente do Canadá foi eleito dizendo: vou fazer déficit três anos para gerar emprego e depois faço o contingenciamento. Os senhores confundem tudo, o problema de 2015 foi uma queda na arrecadação. Em termos de política econômica é de uma ignorância atroz’, disse Lindbergh.

‘Vossa Excelência diz: eles queriam, eles queriam; o TCU não queria nada. O TCU quer que se cumpra a lei, mas querem passar para o TCU a responsabilidade que não lhe cabe. Quem desmoraliza a meta é a meta a ser estabelecida, não a ser cumprida. É o Congresso que tem que rever a meta, não é o poder Executivo. O decreto é da presidência da República, da sua equipe. Se ela não tiver responsabilidade sobre o decreto, não tem responsabilidade por mais nada. O dolo grita nos autos’, afirmou Júlio Marcelo.


da Redação
Veja o vídeo:

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política