Evo, o boliviano bolivariano faz ameaça para caso de destituição de Dilma

O presidente da Bolívia Evo Morales, que mudou a Constituição de seu país para galgar seguidas reeleições, resolveu se manifestar sobre o processo de impeachment no Brasil, que ele, taxou de ‘golpe parlamentar’ e ameaçou, caso se concretize, convocar o seu embaixador.


“Se prosperar o golpe parlamentar contra o governo democrático de @dilmabr, a Bolívia convocará seu embaixador. Defendamos a democracia e a paz”, escreveu Evo em sua conta no Twitter.

O presidente boliviano, tem reiteradamente criticado o Brasil, qualificando o impeachment de ‘processo injusto’ e dizendo que as lideranças de esquerda no Brasil estão sofrendo ‘perseguição judicial e punição.

Não há dúvida que o Brasil, nos próximos dias, deverá tomar duras medidas contra o canastrão boliviano, que em passado recente, usurpou a Petrobras, com o aval do então presidente Lula.

O chanceler brasileiro José Serra já deu demonstração de que será inflexível com esses países que se beneficiaram do patrimônio do povo brasileiro durante a era petista.

da Redação

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Internacional