Rodrigo Maia despacha do Planalto e põe na rua o último petista do governo

O deputado federal Rodrigo Maia, no exercício da presidência durante o período em que o presidente da República encontra-se em viagem na China, assinou o ato de exoneração daquele que pode ser considerado o último petista em cargo de relevância no governo.


O jornalista Ricardo Melo, que já havia sido demitido da Empresa Brasileira de Comunicação (EBC) por Michel Temer, mas que retornou ao cargo por força de uma liminar concedida pelo ministro Dias Toffoli, desta feita dificilmente conseguirá ser socorrido por uma outra decisão do STF.

Temer efetuou uma mudança drástica na EBC. Acabou com o Conselho Curador nomeado por Dilma, que mantinha no cargo o petista em função do mandato.

Com o fim do Conselho, acabou o mandato e a ‘boquinha’.

da Redação

da Redação

Comentários

Mais em Política