Questões básicas para um candidato a vereador

Não raro, percebo que os candidatos ao cargo de vereador parecem acreditar que estão disputando uma vaga no Poder Executivo.

Prometem a construção de hospitais, escolas, creches, parques e congêneres.


Como diria o ministro Gilmar Mendes, "é bizarro!"

Pois bem... Toda vez que um candidato à Vereança pede meu voto, imediatamente faço quatro perguntas básicas:

1) Você consegue compreender bem aquilo que lê e escrever, com adequação, aquilo que pensa? [Porque isso é o mínimo que espero de um candidato!];

2) Você conhece, ainda que razoavelmente, os ditames da Constituição Federal, seus Códigos e Leis Complementares, a Legislação Estadual, a Legislação Municipal e o Regimento Interno da Câmara de Vereadores? [Porque estes serão seus principais instrumentos de trabalho nos próximos quatro anos!];

3) Qual é seu grau de conhecimento sobre Administração, Gestão de Cidades e Finanças Públicas? [Porque sua função basilar será legislar sobre estes temas e fiscalizar o Poder Executivo!];

e 4) Qual é seu currículo na área de militância e seu partido político?

Se um candidato a Vereador não é capaz de responder tais questões aos seus potenciais eleitores, não merece o voto.

Reitero, são questões básicas para quem pleiteia ocupar uma vaga do Poder Legislativo Municipal.

Helder Caldeira

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Política