Fim de linha: MamãeFalei é alvo de mega-pedido de cassação na Alesp (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Segundo informações do site Poder 360, pelo menos 15 deputados estaduais de São Paulo já assinaram uma representação contra o deputado Arthur do Val, o Mamãe Falei, de acordo com um levantamento realizado até a noite deste domingo (6)

O motivo do pedido é o conteúdo do áudio vazado neste final de semana, no qual o parlamentar desrespeita as mulheres Ucranianas ao dizer que elas “são fáceis porque são pobres”, além de prometer retornar ao país 'assim que a guerra acabar', em alusão à prática de turismo sexual, entre outras barbaridades.

Assinaram o documento que deve ser encaminhado para a Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Alesp, os deputados Jorge do Carmo, Emídio de Souza, Márcia Lia, Maurici, Paulo Fiorilo, Professora Bebel, Teonílio Barba, Luiz Fernando todos do PT (Partido dos Trabalhadores). Gil Diniz e Ricardo Madalena do PL (Partido Liberal), Leci Brandão (PCdoB), Carlos Gianazzi (PSOL), Mônica da Bancada Ativista (PSOL) e Patrícia Bezerra (PSDB).

Outros parlamentares devem assinar o pedido nesta segunda-feira, ‘engrossando ainda mais o caldo’ para o lado de Mamãe Falei.

“As declarações são graves em qualquer contexto, em qualquer país e se fosse no Brasil, enquadraria em crimes de assédio sexual”.“Na condição de Deputados e Deputadas Estaduais, queremos registrar perante este Conselho de Ética e Decoro Parlamentar nosso repúdio ao teor sexista, misógino, indigno e violento dos áudios”, diz o documento.

Arthur do Val também teria que responder a processo disciplinar movido por seu partido, o Podemos, o que levaria à sua expulsão, mas o parlamentar prometeu se desfiliar, ainda hoje, da legenda.

O deputado também foi alvo, neste final de semana, de uma nota de repúdio da Ordem dos Advogados do Brasil de São Paulo (OAB/SP), assinada pela presidente da instituição, Patrícia Vanzonlini e pelas diretoras das comissões da Mulher Advogada, Direitos Humanos e de Diversidade Sexual e de Gênero.

Confira abaixo:

Talvez, Arthur do Val tenha a dignidade de renunciar ao mandato, imediatamente, reconhecendo que não tem mais como permanecer em um cargo em que representa o povo. 

Evitaria uma vergonha ainda maior!

Veja os vídeos e relembre o áudio com o desrespeito às mulheres ucranianas e a tentativa de justificar o ato:

O Jornal da Cidade Online está sendo vítima da Censura.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do site.

Um ato cruel... Um "tapa na cara" da democracia.

Neste momento, onde estamos assistindo a liberdade de expressão ser devastada e conservadores sendo calados, precisamos da ajuda de todos os patriotas...

Faça a assinatura do JCO agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Lançamos também uma loja virtual com camisetas, bandeiras e faixas.

Ajude-nos! Compre no Shopping Conservador:

https://www.shoppingconservador.com.br/

Caso queira, doe qualquer valor ao Jornal da Cidade Online pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

da Redação
Ler comentários e comentar