Sem noção, Gleisi exige interferência do governo na Petrobras e leva resposta desconcertante de Van Hattem (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

A deputada federal Gleisi Hoffmann (PT-SC) mostrou toda sua falta de noção de ética e respeito às leis ao cobrar, durante discurso no plenário da Câmara, que o presidente Jair Bolsonaro interfira na política de preços da Petrobras, com o objetivo de baixar os preços dos combustíveis.

“O presidente Jair Bolsonaro veio a público criticar a Petrobras, dizendo que não tem sensibilidade para com o povo brasileiro e por isso aumenta o combustível. Sabe o que o Bolsonaro tinha que fazer? Muda a política de preços”, disse a petista.

Mas a resposta contundente não tardou, pois o deputado Marcel Van Hattem (NOVO-RS), olhem só, era justamente o próximo na fila entre os parlamentares com direito a fazer uso da palavra.

“Ouvir aqui a deputada Gleisi Hoffman, do PT, falar que entende de Petrobras, só se entende de quebrar e de roubar porque foi um absurdo o que aconteceu com esta estatal, durante os governos do PT”.

Curiosamente, Gleisi e toda a classe esquerdopata que habita o Congresso Nacional, parece querer incitar o presidente a praticar algo ilegal, de forma a forçar a abertura de um processo de impeachment, pois entendem que uma vitória nas urnas é cada vez mais improvável, dado a resposta das ruas.

Mas Bolsonaro sabe exatamente como atuar, dentro das quatro linhas da Constituição, primeiro com a lei, já em vigor, que zerou os impostos federais e determina a cobrança unitária e regulamentada do ICMS sobre os combustíveis.

E, se necessário, em último caso, e desde que aprovado pelo congresso e pelos órgãos eleitorais, a implantação de uma política temporária de subsídio dos preços.

Gleisi Hoffmann também parece ter esquecido que a atual política da Petrobras, com base no dólar e na variação do barril do petróleo, ou seja, de paridade internacional, foi estabelecida em outubro de 2016, ainda no governo Temer, o vice de Dilma Rousseff.

Veja o vídeo:

O Jornal da Cidade Online está sendo vítima da Censura.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do site.

Um ato cruel... Um "tapa na cara" da democracia.

Neste momento, onde estamos assistindo a liberdade de expressão ser devastada e conservadores sendo calados, precisamos da ajuda de todos os patriotas...

Faça a assinatura do JCO agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Lançamos também uma loja virtual com camisetasbandeiras, faixascanecas e até VINHOS.

Ajude-nos! Compre no Shopping Conservador:

https://www.shoppingconservador.com.br/

Caso queira, doe qualquer valor ao Jornal da Cidade Online pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

da Redação
Ler comentários e comentar