‘Lula foi o comandante do esquema criminoso descoberto pela Lava Jato’ (Deltan Dalagnol)

A coletiva da Força Tarefa da Lava Jato, realizada nesta quarta-feira (14) em Curitiba, demonstra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está sem saída.


O prejuízo do esquema criminoso do Petrolão, calculado pela Operação Lava Jato, gira em torno de R$ 42 bilhões de reais.

Do ‘Petrolão’ surgiu um esquema maior, que se alastrou por todo o governo, denominado pelos procuradores como ‘Propinocracia’.

Existia todo um sistema com um objetivo bem claro: arrecadar propina com a finalidade da perpetuação no poder.

O ‘petrolão’ era apenas parte de um esquema para a obtenção da ‘governabilidade corrompida’.

Quem tinha o poder para distribuir cargos com objetivos espúrios e estava no topo da pirâmide criminosa era uma só pessoa: Lula.

Sem o poder de decisão de Lula, o esquema jamais teria se viabilizado.

Inúmeros delatores – Paulo Roberto Costa, Alberto Yousseff, Pedro Barusco, Nestor Cerveró, Delcídio do Amaral - revelaram um esquema partidário que beneficiava o PT.

A conclusão inequívoca é de que Lula era o elo comum e necessário do esquema criminoso, o comandante máximo do escândalo de corrupção investigado pela Lava Jato.

da Redação

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça