Vereador é acusado de maus-tratos aos animais, vídeo vaza, ele tenta se explicar, mas piora a situação (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Uma polêmica envolvendo a causa animal no Rio Grande do Sul se espalhou pelas redes sociais.

Tudo começou quando Rosane Vieira Inda, uma 'protetora dos animais', resolveu denunciar um suposto crime de maus-tratos aos animais envolvendo um vereador de Cachoeirinha - RS, Jordan Mauricio Silva Da Silva, mais conhecido como "Jordan Protetor", do PDT. 

As publicações da protetora apontam que a defesa dos animais - que é a principal bandeira levantada pelo vereador - é falsa e midiática.

Em suas redes sociais, Rosane mostra um vídeo e afirma que “os cães resgatados do vereador Jordan estão em correntes com menos de 2,5m”.

“Sendo que ele mesmo fez o projeto contra correntes, ‘Lei das Correntes'. Piada né”, escreveu ela.

E prosseguiu:

“Só não vê quem não quer. [...] Eles mesmo não interagem, não brincam, não recebem carinho.”

Confira:

Assista o vídeo que vazou na web:

Em uma sequência de stories no Instagram, Jordan se defendeu das acusações e imputou a questões políticas as acusações que vem recebendo. De acordo com o vereador, a pessoa que fez as acusações é mãe de uma ex-assessora sua e deve concorrer a algum cargo político neste ano.

Confira:

O deputado estadual do RS Rodrigo Maroni, conhecido como um dos maiores defensores dos animais do Brasil, repercutiu a grave denúncia em suas redes sociais.

O vereador reagiu e prometeu processar Maroni.

"Irei mover um processo contra o deputado por difamação e calúnia contra minha pessoa e por postar fotos de biquíni da minha esposa em sua rede social", disse Jordan.

Confira:

Em um vídeo onde fala sobre o assunto, Maroni faz uma acusação grave contra o vereador do partido.

Segundo o deputado, a própria fala do vereador o coloca em situação delicada.

"Ele mesmo traz outros problemas. [...]
Ele comenta que os assessores dele atendem os animais. [...] Então ele está colocando pessoas com dinheiro público para atender algo pra ele", disse Maroni

E prosseguiu:

"Ele fala que assessores dele, inclusive 'pagam'... 'Quando podem pagam'. Ou seja, aí tem desvio de função pública. [...] Tem a questão da 'rachadinha'...", afirmou o deputando, que prometeu entrar em contato com o presidente da Câmara de Cachoeirinha para apurar os fatos.

Maroni reafirmou:

"Acabou ele mesmo se entregando..."

Confira o vídeo que o deputado gravou para o site O Republicano:

A eleição está chegando... Está na hora de você estampar todo o seu amor pelo Brasil!

Já garantiu a sua camisetabandeira e faixa?

Tudo isso e muito mais você encontra no Shopping Conservador...

A maior loja patriota do Brasil!!

Clique no link abaixo:

https://www.shoppingconservador.com.br/

O Brasil precisa de você!

da Redação
Ler comentários e comentar