Candidatura de Moro está novamente na "corda-bamba"

Ler na área do assinante

O ano de 2022, realmente, não está sendo dos melhores para Sérgio Moro (União Brasil). A candidatura do ex-magistrado corre, novamente, o risco de não vingar.

Para manter-se na disputa este ano, o ex-ministro da Justiça já fez malabarismos: saiu do Podemos e foi para outra legenda, abandonou a candidatura à presidência e se predispôs ao Senado Federal, mudou de ideia e voltou atrás, foi sabotado por integrantes da nova legenda... Enfim, um caos!

Agora, o ex-juiz foi pego de surpresa por uma afirmação da Procuradoria Regional Eleitoral de São Paulo, que fez uma notícia-crime contra ele e a esposa, a advogada Rosângela Moro, alegando que nenhum dos dois pode se candidatar a cargo político pelo Estado, porque eles não têm vínculo com SP.

O Ministério Público Eleitoral (MPE) investiga o caso, mas a defesa do casal já respondeu que os dois residem em São Paulo desde novembro de 2021, quando Moro se filiou ao Podemos.

Em nota, a defesa de Moro negou que o ex-juiz tenha fraudado o domicílio eleitoral e afirmou que, "filiando-se ao Podemos em novembro de 2021, Moro estabeleceu São Paulo como base política".

A eleição está chegando... Está na hora de você estampar todo o seu amor pelo Brasil!

Já garantiu a sua camiseta, bandeira e faixa?

Tudo isso e muito mais você encontra no Shopping Conservador...

A maior loja patriota do Brasil!!

Clique no link abaixo:

https://www.shoppingconservador.com.br/

O Brasil precisa de você!

da Redação
Ler comentários e comentar