Reminiscências de um ex-eleitor de Lula

Nos bons momentos, o cidadão Luiz Inácio Lula da Silva vivenciou a glória da conquista de ser o maior líder popular brasileiro, em todos os tempos.


E foi mesmo! Isto é indiscutível. Com louvor votei em Lula.

Hoje, porém, quem pensa com isenção, sem qualquer paixão, sabe que Lula, infelizmente, foi o maior engodo da história de nosso país.

Dilma, coitada, incompetente e desarticulada, foi uma mera vítima.

O governo de Lula já é tido como o mais corrupto da história.

Todos os grandes líderes do PT foram presos e a vez de Lula parece bem próxima.

As investigações contra o ex-presidente caminham e frequentemente surgem novos mal feitos, complicando cada vez mais a sua situação.

Da mesma forma, todos os filhos de Lula são investigados. Todos se enriqueceram, sem o menor pudor.

Assim, a ambição e a crença na impunidade nortearam os passos do ex-presidente.

O mensalão, do qual Lula saiu ileso, poderia ter servido como um aviso.

Aliás, foi depois desse episódio que ele atingiu seus maiores índices de popularidade. Se sentiu inatingível.

Elegeu Dilma e prosseguiu no seu tortuoso caminho, banhado pela arrogância, a soberba e a absoluta crença na impunidade.

Hoje, sem foro privilegiado, deprimido e abatido, está prestes a perder a sua liberdade.

Deixou a condição de maior líder popular da história, para ser, possivelmente, o primeiro presidente preso na condição de criminoso e corrupto.

Valeu a pena?

Edmundo Zanatta

redacao@jornaldacidadeonline.com.br

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Tema Livre