Silveira não se intimida com julgamento no STF e faz seu mais impactante discurso, sem poupar Moraes (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Momentos antes do início de seu julgamento pelo pleno do Supremo Tribunal Federal (STF), em curso neste momento, o deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ) fez um discurso em sua defesa no plenário da câmara, e voltou a usar frases de grande impacto contra as decisões do ministro Alexandre de Moraes, responsável pelo inquérito que o levou à prisão em fevereiro de 2021, com efeitos restritivos à liberdade que perduram até os dias atuais.

Silveira iniciou a fala com uma ‘nota’ que sugeria o ‘fechamento’ do STF, porém de autoria do ex-deputado petista Wadih Damous, à época das análises de alguns processos contra o ex-presidiário Lula, então encarcerado em Curitiba:

“Vou abrir aspas - Nós temos que redesenhar o poder judiciário e o papel do STF. Tem que fechar o Supremo Tribunal Federal. Temos que criar uma Corte Constitucional de guarda exclusiva da Constituição e seus membros detentores de mandato. Temos que evitar que gente como o ministro Roberto Barroso tenha o poder de ditar os rumos do processo eleitoral, de ditar os rumos da escolha popular, de ditar os rumos da democracia brasileira. Não foi para isso que essa turma foi colocada lá. Eu tenho alertado lá na câmara dos deputados ou nós enquadramos essa turma ou essa turma vai enterrar de vez a democracia brasileira”, disse Daniel revelando o autor em seguida.

Daniel lamentou o fato do presidente da câmara, deputado Arthur Lira (PP-AL) não ter pautado a análise de pedidos de sustação da ação penal 1044, a mesma pela qual está sendo julgado nesta quarta-feira (20) pelo Supremo:

“Pararia um processo que nasce de forma irregular e inconstitucional… E o detentor da ação penal solicitou o arquivamento desse inquérito por duas vezes e foi ignorado pelo Alexandre de Moraes, o ministro que é o reizinho do Brasil. O menininho frustrado que age da maneira dele, fora da Constituição Federal, que tem muita coragem atrás da mesa com uma caneta e o poder de mando”.

O trecho mais impactante da fala veio em seguida:

“Eu fiquei onze meses em um presídio, sem crime, mas acho que eu estava mais livre, pois acho que o menor presídio do mundo é a toga do ministro Alexandre de Moraes, que só cabe um marginal”.

Silveira ainda elogiou a postura dos ministros Kassio Nunes Marques e André Mendonça, contrários às decisões de Moraes, e ressaltou que o julgamento em curso não é contra ele, mas contra o Congresso Nacional.

Confira no vídeo:

O Jornal da Cidade Online está sendo vítima da Censura.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do site.

Um ato cruel... Um "tapa na cara" da democracia.

Neste momento, onde estamos assistindo a liberdade de expressão ser devastada e conservadores sendo calados, precisamos da ajuda de todos os patriotas...

Faça a assinatura do JCO agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Lançamos também uma loja virtual com camisetasbandeiras, faixascanecas e até VINHOS.

Ajude-nos! Compre no Shopping Conservador:

https://www.shoppingconservador.com.br/

Caso queira, doe qualquer valor ao Jornal da Cidade Online pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

da Redação
Ler comentários e comentar