Ex-secretário de cultura revela hipocrisia: A captação de recursos públicos pelo casal Lázaro Ramos e Taís Araújo

Ler na área do assinante

Dirigido por Lázaro Ramos e estrelado por Taís Araujo, o filme Medida Provisória chegou em 14 de abril de 2022 aos cinemas.

Em suas redes sociais, Mario Frias escreveu sobre a “Hipocrisia de Lázaro Ramos”, por ser um crítico ferrenho do atual governo e captar recursos públicos para o seu filme.

“A hipocrisia de Lázaro Ramos.
Lázaro Ramos recebeu 2,7 milhões de reais para montar um filme que não passa de propaganda ideológica contra o governo Bolsonaro.
Ele quer ser um crítico do sistema, mas financiado pelo sistema. É a personificação da hipocrisia da esquerda.
Não bastando o financiamento milionário, Lázaro também ingressou com pedido para que a Ancine fosse obrigada a distribuir sua peça de propaganda ideológica nas salas de cinema, o que permitiria que o mesmo fosse lançado em mais salas.
A Agência não recusou em nenhum momento o pedido, porém, abriu análise para tal pleito, que foi “divulgado” pelo diretor como sendo uma ação de “censura” do Governo Federal, tão somente porque a vontade de Lázaro não foi atendida imediatamente.
A luta ideológica dos críticos do sistema é uma grande farsa. Um teatro muito ruim, prova disso, é o casal Thais Araújo e Lázaro Ramos que na semana passada dedicava seu tempo a denegrir a imagem do governo com ataques infundados, mas que se beneficiaram desse mesmo governo para bancar seu filminho ideológico”, escreveu Mario Frias.

A eleição está chegando... Está na hora de você estampar todo o seu amor pelo Brasil!

Já garantiu a sua camiseta, bandeira e faixa?

Tudo isso e muito mais você encontra no Shopping Conservador...

A maior loja patriota do Brasil!!

Clique no link abaixo:

https://www.shoppingconservador.com.br/

O Brasil precisa de você!

da Redação
Ler comentários e comentar