Reportagem da Globo, de 2018, mostra o indulto presidencial a corruptos e criminosos do mensalão do PT (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Começa a circular na redes o vídeo com uma reportagem do Jornal Nacional, de 2018, com detalhes de um indulto concedido por Michel Temer, no ano anterior, quando presidia o país.

No decreto, Temer perdoou os chamados ‘crimes de colarinho branco’.

“Pessoas condenadas pela justiça por envolvimento no mensalão do PT e nos crimes investigados pela Operação Lava Jato tiveram as penas perdoadas com base no indulto de 2017 do então presidente Michel Temer. Ele estendeu o benefício a condenados por corrupção”, diz a ‘abertura’ da matéria, na voz de William Bonner.

A reportagem destaca os quatro condenados do mensalão do PT e da Lava Jato, beneficiados com o indulto:

“Os ex-dirigentes do Banco Rural, Kátia Rabello e José Robert Salgado, condenados pelo STF a 14 anos de prisão, por lavagem de dinheiro, gestao fraudulenta de instituicao financeira e evasão de divisas”.
“Ramon Hollerbach, condenado a 27 anos de prisao por currupcao ativa, evasao de divisas, lavagem de dinheiro e peculato”.
“O ex-senador Gim Argelo, condenado a 11 anos de prisão por corrupcao passiva e lavagem de dinheiro".

Mas chama a atenção no vídeo, a informação de que maioria dos ministros do STF entendeu que o indulto é uma prerrogativa do presidente e cabe somente a ele definir os critérios.

É preciso observar que os indultados cometeram crimes graves e com penas longas, mas que não sofreram qualquer incômodo por parte do STF.

Não é o que se vê no caso do deputado federal Daniel Silveira, condenado por crime de opinião, em um processo inconstitucional e com desvios de função.

O indulto concedido a ele pelo presidente Jair Bolsonaro é alvo de críticas da mídia tradicional e políticos de oposição, e objeto de questionamento também do próprio STF, a partir do momento em que a ministra Rosa Weber acatou um ação encaminhada pelo partido Rede Sustentabilidade e cobrou resposta do governo federal sobre o decreto, em um prazo máximo de 10 dias.

Assim, quando aquele seu ‘amigo esquerdopata’ reclamar do indulto de Bolsonaro e insistir que a democracia está sob ataque, mostre este vídeo para ele!

Assista:

O Jornal da Cidade Online está sendo vítima da Censura.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a desmonetização do site.

Um ato cruel... Um "tapa na cara" da democracia.

Neste momento, onde estamos assistindo a liberdade de expressão ser devastada e conservadores sendo calados, precisamos da ajuda de todos os patriotas...

Faça a assinatura do JCO agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo da destemida Revista A Verdade.

Clique no link abaixo:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Lançamos também uma loja virtual com camisetasbandeiras, faixascanecas e até VINHOS.

Ajude-nos! Compre no Shopping Conservador:

https://www.shoppingconservador.com.br/

Caso queira, doe qualquer valor ao Jornal da Cidade Online pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

da Redação
Ler comentários e comentar