Major do Exército é preso por postar mensagens de apoio a Bolsonaro nas redes sociais (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

O Major do Exército Brasileiro, João Paulo Costa Araújo, de 41 anos, está preso em Teresina, capital do Piauí, desde a quinta-feira (5), por supostamente se manifestar nas redes sociais a favor do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Ele foi denunciado à Procuradoria da Justiça Militar por publicar postagens em que compartilhava ações do Governo Federal no perfil do Instagram. O juiz federal Rodolfo Rosa Talles Menezes, da Auditoria da 10ª Circunscrição Judiciária Militar, de Fortaleza (CE), mandou deter o rapaz e alegou que ele já havia sido orientado a não divulgar mais nada.

Tudo estava no mais absoluto silêncio até o Major Diego Melo, que é amigo de Costa Araújo, divulgar o caso nas redes sociais. Em pouco tempo, o vídeo viralizou:

- Infelizmente, ele está preso. Tem uma filha pequena, criança. Seu casamento está marcado para o próximo sábado e ele está vivendo essa situação constrangedora porque fez publicações favoráveis ao presidente Bolsonaro. Todos os membros das forças armadas, pelo amor de Deus, parem com isso! Até quando? 
- Será se ele tivesse elogiado o Lula, ele estaria preso? Acredito que não - disse o militar, referenido-se aos colegas de farda que são favoráveis ao ex-presidente e ex-presidiário, Luiz Inácio Lula da Silva, do PT.

Assista:

A eleição está chegando... Está na hora de você estampar todo o seu amor pelo Brasil!

Já garantiu a sua camisetabandeira e faixa?

Tudo isso e muito mais você encontra no Shopping Conservador...

A maior loja patriota do Brasil!!

Clique no link abaixo:

https://www.shoppingconservador.com.br/

O Brasil precisa de você!

Conheça a Cerveja Artesanal Bolsonaro... Um sucesso. CLIQUE AQUI! 

Caso queira, doe qualquer valor ao Jornal da Cidade Online pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

Assine o JCO:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar