Três anos após o assassinato do ator Rafael Miguel, o acusado é preso e filha se manifesta (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

O ator Rafael Miguel, com apenas 22 anos na época do crime, e seus pais, foram assassinados a tiros na Zona Sul de São Paulo.

Segundo o Ministério Público (MP), o empresário Paulo Cupertino cometeu o crime contra a família porque não aceitava o namoro da filha Isabela, então com 18 anos, com o artista.

Cupertino é acusado de triplo homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil e recurso que impossibilitou a defesa das vítimas.

Antes de ser preso, Paulo Cupertino disse ter ficado cerca de quatro meses hospedado no Mont Star Hotel, em Interlagos, na zona sul de São Paulo. Ele era considerado foragido da Justiça desde 2019. Durante esse tempo, teve diversos esconderijos, no interior do Mato Grosso do Sul, Paraná e Paraguai.

Isabela Tibcherani se manifestou após a prisão do pai:

"Fui informada do ocorrido. Não consigo falar muito respeito agora, mas quero agradecer a todas as mensagens e todo apoio. É uma mistura muito grande de sentimentos e agora preciso de espaço", disse.

No momento da prisão, um repórter do programa do jornalista José Luiz Datena, discutiu com Paulo Cupertino.

Veja o vídeo:

A eleição está chegando... Está na hora de você estampar todo o seu amor pelo Brasil!

Já garantiu a sua camiseta, bandeira e faixa?

Tudo isso e muito mais você encontra no Shopping Conservador...

A maior loja patriota do Brasil!!

Clique no link abaixo:

https://www.shoppingconservador.com.br/

O Brasil precisa de você!

Caso queira, doe qualquer valor ao Jornal da Cidade Online pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

Assine o JCO:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar