A linguagem neutra faz parte de uma pauta que destrói, desmoraliza e aparta pessoas de visão conservadora, detona professora (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Um verdadeiro fenômeno na internet, com milhares de seguidores nas redes, a professora Cíntia Chagas ficou conhecida por defender a Língua Portuguesa dos ataques ‘progressistas’. Em entrevista exclusiva à TV JCO, ela revela como enfrenta de forma corajosa à perseguição dos professores lacradores, que querem impor a linguagem neutra e a ideologia de gênero. 

“Nunca tive problema com os alunos, com os pais, com a infraestrutura, meu problema foi sempre os professores, que pediam minha demissão. Fui demitida 10 vezes! 
Os professores viam em mim o fim da educação, pelos valores que eu tinha, pelo modo animado com o qual eu dava aulas... Chegaram a me denunciar para o Ministério Público, tentaram cassar meu direito de dar aulas, só que o processo foi arquivado”, contou. 

De acordo com a professora Cíntia, incluir o dialeto não binário nas escolas nada mais é do que incluir a ideologia de gênero. 

“Isso obriga à discussão paulatina e diária sobre isso. 
Quando um professor, criminosamente, escreve ‘Bem-vindes, alunes’ no quadro, está infringindo normas, porque a língua oficial do nosso país é a língua portuguesa, ele está ali para usar a língua oficial, não para incutir na cabeça dos alunos as ideias com as quais ele concorda. 
Para mim, a introdução do dialeto não binário faz parte de uma pauta que destrói, desmoraliza e aparta pessoas de visão mais conservadora e pessoas de visão mais progressista”, completou.

Confira:

A eleição está chegando... Está na hora de você estampar todo o seu amor pelo Brasil!

Já garantiu a sua camisetabandeira e faixa?

Tudo isso e muito mais você encontra no Shopping Conservador...

A maior loja patriota do Brasil!!

Clique no link abaixo:

https://www.shoppingconservador.com.br/

O Brasil precisa de você!

Conheça a Cerveja Artesanal Bolsonaro... Um sucesso. CLIQUE AQUI! 

da Redação
Ler comentários e comentar