Desembargador que favoreceu traficantes é punido (?) com aposentadoria e vantagens

É mais uma absurda excrescência do nosso país, de nossas leis e de nossas instituições.


Um desrespeito para com a população e para com o povo trabalhador. Uma afronta para com a sociedade.  

O desembargador Otávio Henrique de Sousa Lima, do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, foi afastado de suas funções em setembro de 2015, por suspeita de vender sentenças a facções criminosas


Em uma de suas intervenções o magistrado mandou soltar Welinton Xavier dos Santos, o Capuava, apontado como um dos principais traficantes de drogas de São Paulo, que havia sido preso com 1,6 tonelada de cocaína, 898 quilos de insumos para a produção da droga, quatro fuzis e uma pistola automática

Desde o seu afastamento disciplinar, o desembargador nunca deixou de receber o seu polpudo salário, mais de R$ 100 mil reais.

Eis que o Órgão Especial do Tribunal de Justiça de São Paulo, em sessão realizada nesta quarta-feira (28), entendendo que o desembargador agiu em desacordo com a legalidade, resolveu puni-lo.

Otávio Henrique de Sousa Lima foi aposentado compulsoriamente, com todas as vantagens inerente ao cargo.

Um abuso!

Edmundo Zanatta

redacao@jornaldacidadeonline.com.br

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Direito e Justiça