Esquema de compra de votos no Ceará tem a digital de 1ª dama petista

Onélia Leite, esposa do governador do Ceará Camilo Santana (PT), pode estar à frente de um nefasto esquema de compra de votos nas eleições municipais de 2016.


Ana Quitéria, principal assessora da 1ª dama, que trabalha em seu gabinete em Fortaleza, foi presa nesta sexta-feira (30) na cidade de Juazeiro do Norte (CE) com 50.000 reais em espécie.

A missão da assessora, pelo que se apura, era dar um reforço final na campanha municipal de Barbalha (CE) e satisfazer, a qualquer custo, a obstinação do governador de vencer às eleições na sua cidade.

Camilo Santana tentou se eleger prefeito por duas vezes, em 2000 e 2004, sem sucesso, talvez daí a sua ‘atenção especial’ para com Barbalha.

Para tanto, ele lançou candidato Fernando Santana, pessoa extremamente próxima e que até poucos dias trabalhava em seu gabinete. Em suas viagens a Brasília, o governador sempre tinha Fernando ao seu lado.

Além do valor, encontrado com a assessora Ana Quitéria, separado dentro de envelopes, ela levava material de campanha do candidato petista. 

O caso pode ter inúmeras implicações e, se comprovado o envolvimento da 1ª dama, o que parece lógico, poderá atingir frontalmente o governador.

da Redação

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Política