Gilmar Mendes ganha na Justiça 30 mil reais de Monica Iozzi

A ‘crítica’ pelo habeas corpus concedido pelo ministro Gilmar Mendes ao médico Roger Abdelmassih, valeu uma multa de 30 mil reais para Mônica Iozzi.


O ministro em 2014 concedeu a liberdade ao médico.

Em sua decisão ele sustentou que não havia elementos ‘concretos e individualizados, aptos a demonstrar a necessidade da prisão cautelar do paciente’.

Abdelmassih tinha sido condenado a 278 anos de prisão, acusado de 52 estupros de suas próprias clientes.

Na sequência, beneficiado pela decisão judicial, Abdelmassih fugiu para o Paraguai, onde ficou escondido por muito tempo, até ser preso novamente numa ação conjunta das polícias brasileira e paraguaia.

Na época, ex-CQC publicou em seu perfil no Instagram uma foto de Mendes com uma faixa vertical semelhante a de um estacionamento proibido, e associou sua imagem à prática de crimes de violência social.

A Justiça entendeu que Mônica violou a dignidade, a honra e a imagem do ministro.

A decisão não parece justa. 

da Redação

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Variedades