Governador de Pernambuco usa tragédia como palanque político e leva verdadeiro 'esculacho' de Jair Bolsonaro (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Após sobrevoar as áreas atingidas pelas fortes chuvas em Pernambuco, o presidente Jair Bolsonaro concedeu entrevista coletiva acompanhado por ministros e autoridades de segurança pública, na manhã desta segunda-feira (30).

Bolsonaro fez fortes críticas à tentativa do governador do estado, Paulo Câmara (PSB), de explorar politicamente a tragédia que se abateu sobre milhares de famílias.

O motivo foi a afirmação de Câmara, ausente das atividades realizadas pelo governo federal, a qual tentou justificar de maneira nada convincente:

“Tivemos a notícia da vinda do presidente amanhã. Não recebemos nada oficial, efetivamente. Diante da não confirmação oficial, a gente não tem como estar presente.”

A resposta de Bolsonaro veio ainda na primeira pergunta feita pelos jornalistas, e derrubou a narrativa do governador socialista:

Em todos os momentos em que os governadores nos procuraram, ou os prefeitos, nós atendemos. Acho que faltou iniciativa da parte dele também. Aqui ninguém está proibido de comparecer. Foi amplamente divulgado pela mídia, da nossa presença aqui. Isso tudo aconteceu no sábado e no domingo e se o governador estava fazendo outra coisa, eu não sei.

O presidente ainda ressaltou que o momento é de união e não de exploração política de fatos tão graves, em um tom de verdadeiro esculacho em Paulo Câmara:

O momento não é de fazer política. Ele tem o candidato dele, eu respeito, agora, no momento de crise, você vai atrás, para ajudar, não fica esperando dentro de casa. Igual as Forças Armadas aqui. Antes de eu falar com o ministro da defesa e ele, de falar com o comandante militar do Nordeste, o comandante do Nordeste já tinha tomado providências e partiu para ajudar a população.
Então, o governador, em um momento de crise, tem que esquecer essa questão política e vir trabalhar de fato, para o seu povo e não fazer política em cima da desgraça de alguns.

Na coletiva foram anunciadas diversas medidas para ampliar o auxílio à população e às cidades atingida pelas chuvas.

No campo financeiro, o governo federal está disponibilizando mais de R$ 1 bilhão, a maior parte via Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), além de outras verbas, como a liberação do saque do FGTS e linhas de crédito sem juros e com prazo estendido para quitação.

A capital pernambucana, bem como a região expandida, conhecida como Grande Recife e a Zona da Mata sofrem com fortes chuvas desde o final da semana passada. Segundo dados atualizados, pelo menos 87 pessoas morreram em consequência de enchentes e deslizamentos de terra.

Cerca de 4 mil pessoas estão desabrigadas. Casas, indústrias e comércios foram inundados e destruídos.

Veja o vídeo:

A eleição está chegando... Está na hora de você estampar todo o seu amor pelo Brasil!

Já garantiu a sua camiseta, bandeira e faixa?

Tudo isso e muito mais você encontra no Shopping Conservador...

A maior loja patriota do Brasil!!

Clique no link abaixo:

https://www.shoppingconservador.com.br/

O Brasil precisa de você!

Conheça também a Cerveja Artesanal Bolsonaro, CLIQUE AQUI!

Caso queira, doe qualquer valor ao Jornal da Cidade Online pelo PIX (chave: pix@jornaldacidadeonline.com.br ou 16.434.831/0001-01).

Assine o JCO:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar