PF desvenda mais uma falcatrua de Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva agiu junto a Construtora Odebrecht para beneficiar o seu sobrinho Taiguara Rodrigues dos Santos, numa negociata que rendeu R$ 20 milhões em propina.


As investigações da Polícia Federal detectaram a intervenção do ex-presidente e, assim, ele acaba de ser indiciado no crime de corrupção passiva

Taiguara é filho de um irmão da primeira mulher de Lula.

De pequeno empresário em Santos (SP) ele se tornou um milionário, graças a negócios escusos acobertados pelo tio.

Esse novo indiciamento de Lula é produto das investigações efetivadas na Operação Janus.

A empresa de Taiguara, a Exergisa, ao longo das gestões de Lula firmou 16 contratos com a Odebrecht, todos eles para camuflar o pagamento de propina. Nunca houve a prestação de qualquer serviço.

da Redação

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Variedades